WhatsApp planeja integração com outros apps de mensagens

O WhatsApp está prestes a dar um passo importante rumo à interoperabilidade com outros aplicativos de mensagens. Confira os detalhes!

Nord Research 11/02/2024 12:00 4 min Atualizado em: 12/02/2024 10:14
WhatsApp planeja integração com outros apps de mensagens

O WhatsApp, um dos gigantes entre os aplicativos de mensagens, está se preparando para uma mudança que promete revolucionar a maneira como os usuários se comunicam. 

Com a intenção de tornar-se interoperável com outros aplicativos de mensagens concorrentes, como iMessage e Telegram, o WhatsApp está se movendo em direção a um ecossistema de comunicação mais aberto e acessível. 

Confira no artigo abaixo, como o WhatsApp planeja se conectar a outros apps.

O que é a interoperabilidade?

A interoperabilidade entre aplicativos de mensagens tem sido uma demanda crescente entre os usuários, permitindo que eles se comuniquem sem restrições entre diferentes plataformas.

O objetivo principal da interoperabilidade é facilitar a comunicação entre usuários de diferentes aplicativos de mensagens, eliminando a necessidade de baixar e alternar entre vários programas, como WhatsApp, Signal, iMessage e Telegram. Inicialmente, a interoperabilidade se concentrará no envio de textos, imagens, mensagens de voz, vídeos e arquivos entre duas pessoas.

No geral, a ideia por trás da interoperabilidade é simples: os usuários não precisarão se preocupar em saber qual aplicativo de mensagens seus amigos ou familiares estão usando para entrar em contato com eles.

Os chats poderão se comunicar de um aplicativo para outro sem a necessidade de baixar ambos. Em um cenário ideal de interoperabilidade, seria possível utilizar o iMessage da Apple para conversar com alguém que utiliza o Telegram, por exemplo. 

Como o WhatsApp de integrar com outros aplicativos

A iniciativa do WhatsApp de integrar-se com outros aplicativos é um passo importante em direção à interoperabilidade, alinhado com as diretrizes da Lei Europeia dos Mercados Digitais (DMA). 

Essa mudança visa permitir que os usuários do WhatsApp se comuniquem com pessoas em outros aplicativos de mensagens, mantendo a segurança da criptografia de ponta a ponta e a privacidade dos usuários.

Para tornar isso possível, o WhatsApp planeja utilizar o protocolo de criptografia Signal, já utilizado em outros aplicativos como Google Messages e Skype. Esse protocolo é reconhecido por sua capacidade de garantir a segurança e a privacidade das mensagens durante o envio e o recebimento entre diferentes plataformas. 

O WhatsApp também entende que manter a privacidade, segurança e integridade de suas mensagens é fundamental. Portanto, os usuários terão a opção de escolher se desejam participar da troca de mensagens com outros apps. 

Além disso, o WhatsApp criará uma seção separada na caixa de entrada para mensagens provenientes de outros aplicativos. 

Quais aplicativos serão integrados ao WhatsApp?

O primeiro aplicativo a ser integrado ao WhatsApp será o Messenger, o bate-papo do Facebook. A integração permitirá que os usuários conversem entre si, usando os apps diferentes e enviem mensagens de texto, imagens, recados de voz, vídeos e arquivos. 

A integração do WhatsApp com outros aplicativos promete facilitar a integração entre os usuários. 

Até o momento não foram divulgadas informações sobre outros aplicativos que estarão aptos a conectar seus serviços com o WhatsApp. Nenhuma empresa responsável por aplicativos de troca de mensagem confirmou interesse ou desenvolvimento de um protocolo para participar do projeto.

Desafios para a integração com outros aplicativos

Embora a interoperabilidade de aplicativos de mensagens criptografadas seja possível, existem alguns desafios fundamentais em relação a como esses sistemas funcionarão. 

Uma das principais preocupações são as questões de segurança e privacidade que devem ser consideradas para garantir que os dados dos usuários permaneçam protegidos em todo o processo de troca de mensagens entre diferentes plataformas. 

A implementação eficaz dessa interoperabilidade também requer cooperação entre o WhatsApp e outros aplicativos de mensagens, como o iMessage da Apple e o Telegram.

Além disso, surgem dúvidas sobre como as pessoas serão identificadas em diferentes aplicativos. Por exemplo, o WhatsApp utiliza o número de telefone dos usuários para interagir e enviar mensagens, enquanto o iMessage utiliza o ID de usuário da Apple. 

O WhatsApp deve anunciar novidades sobre a integração em breve. Acompanhe o blog da Nord Research para receber atualizações sobre o assunto e outras notícias do mercado financeiro. 

Perguntas frequentes

Receba conteúdos e recomendações de investimento gratuitamente

Obrigado pelo seu cadastro!

Acompanhe nossos conteúdos por e-mail para ficar por dentro das novidades.

Como o WhatsApp planeja se conectar a outros apps?

O WhatsApp está planejando se tornar interoperável com outros aplicativos de mensagens, como iMessage e Telegram. Isso permitirá aos usuários enviar textos, imagens, áudios, vídeos e arquivos entre diferentes plataformas.

Quais aplicativos serão integrados ao WhatsApp?

Até o momento, o único aplicativo confirmado para integração com o WhatsApp é o Messenger do Facebook. Não há informações sobre outros aplicativos que serão integrados.

Como funcionará a integração do WhatsApp com outros aplicativos?

Os usuários terão a opção de escolher se desejam participar da troca de mensagens com outros aplicativos. Além disso, o WhatsApp criará uma seção separada na caixa de entrada para mensagens provenientes de outros aplicativos. 

Tópicos Relacionados

Compartilhar