Macintosh: após 40 anos, o Mac ainda é uma revolução contínua

Você sabia que o Macintosh, o Mac da Apple, está completando 40 anos? Entenda como o computador continua sendo uma revolução tecnológica.

Nord Research 11/02/2024 12:00 7 min Atualizado em: 12/02/2024 10:27
Macintosh: após 40 anos, o Mac ainda é uma revolução contínua

Quarenta anos atrás, em 24 de janeiro de 1984, Steve Jobs apresentou ao mundo o primeiro Macintosh, desencadeando uma revolução que mudaria a indústria de tecnologia para sempre. A trajetória do Mac ao longo das décadas é uma história de inovação contínua, design revolucionário e impacto duradouro. 

Confira no artigo abaixo como o Mac ajudou a revolucionar o mercado e porque se mantém no topo mesmo depois de 40 anos. Confira!

Qual foi o primeiro Mac?

Em 24 de janeiro de 1984, no palco da Califórnia, Steve Jobs apresentou o Macintosh 128K ao som da música de Vangelis em Chariots of Fire. Com um preço inicial de USD 2.495 na época (equivalente a USD 7.500 hoje), o Macintosh revolucionou a experiência do usuário ao oferecer uma interface gráfica intuitiva baseada em ícones e janelas, em vez da tradicional linha de comando.

Esse lançamento marcou o início de uma era em que os computadores pessoais se tornaram acessíveis e amigáveis para o usuário comum.

Desde o seu lançamento em 1984, o Mac mudou a forma como usamos computadores. Ele inspirou muitos concorrentes e atualmente, mais de 100 milhões de pessoas usam Macs no mundo. 

Como foi criado o Mac OS?

As principais características do primeiro Mac são:

  • Interface gráfica de usuário: introduziu uma interface gráfica que permitia clicar em ícones usando um mouse, tornando o uso do computador mais acessível para pessoas comuns;
  • Primeiras vendas: a Apple esperava vender 250 mil unidades no primeiro ano, mas acabou vendendo 372 mil, além de um milhão de unidades do Apple II;
  • Tamanho da tela: a tela do primeiro Mac tinha 9 polegadas, muito menor que as telas atuais de MacBooks e iMacs;
  • Dimensões e peso: o Macintosh original tinha dimensões de 34,5 cm de altura, 24,4 cm de largura e 27,7 cm de profundidade, pesando 7,5 kg;
  • Memória RAM: possuía 128 KB de RAM, permitindo tarefas simples, mas muito menos do que os computadores atuais, que têm muitos gigabytes de RAM.

Impacto cultural e tecnológico

O Macintosh também influenciou a cultura popular e o design industrial. Desde os icônicos desktops brancos dos anos 80 até os modelos elegantes e minimalistas de hoje, ele sempre se destacou pela sua inovação estética e funcionalidade.

Por que o nome Mac?

O nome "Mac" vem da abreviação de "Macintosh", que foi escolhido pela equipe de marketing da Apple como uma homenagem à variedade de maçã de mesmo nome.

Inovações do Mac ao longo do tempo

Ao longo dos anos, o Mac passou por várias transformações. Desde a introdução do mouse como elemento central até a expansão do ecossistema com produtos como iPod, iPhone e iPad, o Mac sempre esteve na vanguarda da inovação tecnológica. 

Apesar das mudanças no cenário tecnológico, o Mac continuou se adaptando e evoluindo.  

Assim, a evolução do Macintosh pode ser dividida em várias fases, desde a revolução da interface gráfica do usuário até os avanços mais recentes no hardware e no software, incluindo a transição para o silício da Apple. 

Quer saber mais? Conheça as principais mudanças e evoluções ao longo dos últimos 40 anos. 

Interface gráfica do usuário

O Macintosh foi pioneiro na popularização da interface gráfica do usuário, permitindo interações simples através de cliques em ícones, em vez de comandos de texto complexos.

Design e portabilidade

Ao longo dos anos, os Macs evoluíram para se tornarem mais finos, leves e portáteis, como exemplificado pelo MacBook Air e MacBook Pro. O design também se tornou um foco importante, com produtos como o iMac.

Potência e desempenho

As capacidades de processamento e armazenamento dos Macs aumentaram significativamente ao longo do tempo, permitindo que realizem tarefas mais complexas e simultâneas. 

Por exemplo, o primeiro Mac tinha 128 KB de RAM, atualmente é possível encontrar Macs com até 48 GB de memória RAM. 

Integração com outros produtos da Apple

O Mac se beneficiou da integração com outros produtos da Apple, como o iPhone e o iPad, permitindo uma experiência mais fluida e consistente entre dispositivos.

Essa conexão fortaleceu ainda mais a relevância do Mac, permitindo uma integração eficiente entre dispositivos e uma experiência consistente para os usuários.

Transição para o Apple Silicon

Em 2020, a Apple anunciou a transição do Mac para seu chip personalizado de alto desempenho, o Apple Silicon, que oferecerá tecnologias avançadas. O macOS Big Sur facilita essa mudança, com tecnologias integradas ao Xcode 12 para simplificar o desenvolvimento de aplicativos compatíveis com o Apple Silicon e a Intel. 

A transição para o Apple Silicon representa um avanço para o Mac, proporcionando melhor desempenho e uma experiência consistente em todo o ecossistema da Apple.

Evolução das especificações técnicas

Desde a RAM até o tamanho e resolução das telas, as especificações técnicas dos Macs mudaram drasticamente, refletindo avanços na tecnologia de computação.

Revolucionando a experiência do usuário

A ideia fundamental por trás do Mac sempre foi eliminar qualquer atrito na interação do usuário com a tecnologia. Desde os primeiros modelos até os mais recentes, a Apple manteve um compromisso com a inovação estética e funcionalidade. 

Alguns elementos que tornam os Macs únicos são as superfícies lisas, bordas arredondadas e um design minimalista.

Receba conteúdos e recomendações de investimento gratuitamente

Obrigado pelo seu cadastro!

Acompanhe nossos conteúdos por e-mail para ficar por dentro das novidades.

O Mac 40 anos depois

Atualmente, a Apple afirma que o MacBook Air é o modelo de computador mais vendido do mundo. Uma pesquisa de 2019 revelou que mais de dois terços de todos os estudantes preferem um Mac. Por isso, a empresa continua aprimorando o produto, seja com o perfil cada vez mais fino do iMac ou com a bateria de 22 horas do MacBook Pro. 

Após 40 anos de lançamento, o Mac evoluiu tecnologicamente e é um sucesso de vendas. 

Assim, o Mac ainda é uma referência no mercado. Greg "Joz" Joswiak, vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple, afirmou em uma entrevista oficial: “Não se trata apenas de uma história de nostalgia ou de uma narrativa que está além do nosso controle. O fato de estarmos fazendo isso há 40 anos é incrível” (tradução livre). 

O futuro do Mac rumo à inteligência artificial (IA)

Com a introdução da inteligência artificial, o futuro do Mac parece promissor. A Apple já começou a explorar o potencial da IA em seus produtos. 

A integração de inteligência artificial promete revolucionar ainda mais como interagimos com nossos Macs. Com recursos avançados de aprendizado de máquina e automação, o Mac está se tornando mais inteligente e capaz do que nunca.

O Mac da Apple mostrou ser resistente a mudanças tecnológicas e é considerado pela empresa como um dispositivo poderoso e completo, capaz de realizar todas as funções de outros dispositivos da Apple. 

Com o lançamento recente do Vision Pro, que oferece uma nova forma de compartilhamento de tela, o Mac pode ser usado como um excelente monitor. Isso demonstra que a Apple vê o Mac como algo importante e pode ser o foco de novas iniciativas.

Mesmo após 40 anos, o Macintosh permanece como um ícone da indústria de tecnologia. Acompanhe o blog da Nord Research para receber mais novidades sobre os lançamentos e inovações da Apple e outras informações sobre o mercado financeiro. 

Perguntas frequentes

Qual foi o primeiro Mac e quando foi lançado?

O primeiro Mac, o Macintosh 128K, foi lançado em 24 de janeiro de 1984 por Steve Jobs. Seu nome é uma homenagem a um tipo de maçã.

Como o Mac evoluiu ao longo dos anos?

O Mac evoluiu em termos de design, portabilidade, potência, desempenho e integração com outros produtos da Apple. Passou pela transição para o Apple Silicon, oferecendo diversas tecnologias e uma experiência consistente em todo o ecossistema da marca.

Qual é o futuro do Mac?

A Apple está explorando o potencial da inteligência artificial em seus produtos, o que promete revolucionar ainda mais a interação com os Macs com recursos avançados de aprendizado de máquina e automação. 

Tópicos Relacionados

Compartilhar