CAPEX: o que é, qual a sua importância e como analisar esse tipo de despesa?

Entenda o que é CAPEX e veja como usar esse indicador para avaliar as empresas que você pretende investir.

Nord Research 10/12/2023 12:00 7 min Atualizado em: 04/01/2024 11:41
CAPEX: o que é, qual a sua importância e como analisar esse tipo de despesa?

Sumário

Antes de fazer um investimento, é importante avaliar a gestão dos recursos financeiros de uma empresa, como o CAPEX, ou Despesa de Capital, que representa os investimentos em ativos fixos que impactam diretamente o futuro e a expansão das organizações.

Acompanhe o texto abaixo e entenda o que é CAPEX, como ele é calculado e como avaliar o indicador antes de fazer um investimento. 

O que é CAPEX e como funciona?

O termo CAPEX (Capital Expenditure ou Despesa de Capital, em português) refere-se aos investimentos que uma empresa faz em ativos fixos, como prédios, máquinas e veículos. 

Esses investimentos são essenciais para o desenvolvimento e a longevidade de uma empresa, seja na compra de novos ativos ou na manutenção dos existentes. O CAPEX indica se a empresa está investindo para crescer ou apenas para se manter.

Qual o objetivo do CAPEX?

O objetivo do CAPEX é investir em ativos fixos, como prédios e máquinas, para manter, expandir ou melhorar os bens não circulantes de uma empresa.

Importância do CAPEX para o investimento  

O CAPEX é importante para determinar o crescimento e o futuro de uma empresa, influenciando diretamente o fluxo de caixa. Assim, ele indica se a empresa está investindo para expandir ou apenas para se manter. O indicador é importante nas empresas, pois através deste tipo de investimento é determinado o ciclo de vida em que uma organização se encontra. 

Geralmente, o CAPEX é mais alto em uma empresa no início de suas atividades, uma vez que ela precisa investir na a aquisição de bens para iniciar a atividade. Se o CAPEX é maior que a depreciação, os ativos estão crescendo rapidamente. Se é igual ou menor, a empresa pode estar descapitalizando e enfrentando um declínio perceptível.

Como calcular o CAPEX?

O CAPEX é calculado identificando e somando todas as despesas de capital durante um período específico, incluindo a compra de equipamentos, propriedades ou melhorias em ativos existentes. 

Para fazer o cálculo, siga seguinte fórmula:

CAPEX = Ativos de longo prazo final do período – Ativos de longo prazo começo do período + Depreciação durante o período. 

Por exemplo, se a empresa começou o ano com R$ 120 mil em ativos, terminou com R$ 200 mil e registrou R$25 mil em depreciação, o CAPEX seria R$105 mil. É importante considerar vendas de ativos e examinar as notas explicativas para uma análise mais detalhada.

O cálculo seria:

  • CAPEX = R$ 200 mil – R$ 120 mil + R$ 25 mil
  • CAPEX = R$ 105 mil

Quais as vantagens e desvantagens do CAPEX?

Investir em CAPEX traz vantagens estratégicas para as empresas, como:

  • Possibilita expansão, entrada em novos mercados e melhoria operacional;
  • Impulsiona o crescimento a longo prazo;
  • Tecnologia e instalações modernas podem inovar produtos, aumentar receitas e fortalecer a posição da empresa no mercado;
  • Contribui para a valorização dos ativos, melhorando o balanço patrimonial e atraindo investidores e credores;
  • Os custos relacionados à aquisição e melhoria de ativos são depreciados ao longo do tempo, resultando em redução anual da base tributável da empresa.

Por outro lado, também há desvantagens, como:

  • Impacto imediato nas finanças;
  • Nem todos os investimentos em CAPEX geram retornos positivos;
  • Grandes investimentos em CAPEX podem levar a uma rigidez financeira;
  • Empresas que não têm recursos internos suficientes podem depender de financiamento externo;
  • Os investimentos podem reduzir temporariamente as métricas financeiras de curto prazo. 

Diferença entre CAPEX e OPEX

O CAPEX é diferente do OPEX (Despesas Operacionais), mas ambos são essenciais para a gestão financeira e estratégica de uma empresa.

OPEX refere-se aos custos diários necessários para manter as operações em funcionamento, englobando despesas recorrentes como salários, aluguel e serviços públicos. 

Diferente da APEX, o CAPEX indica quais foram os maiores investimentos em ativos fixos com retorno a longo prazo. 

Por outro lado, CAPEX envolve grandes investimentos em ativos físicos, como instalações, equipamentos e veículos, visando gerar retornos a longo prazo. Essas despesas não podem ser deduzidas do rendimento para fins fiscais, diferentemente das despesas operacionais.

Como definir se uma despesa é Capex ou Opex?

Para definir se uma despesa é CAPEX ou OPEX, é importante entender a sua natureza e o propósito dos gastos. Enquanto CAPEX está associado a investimentos em ativos que proporcionam benefícios a longo prazo, OPEX refere-se a despesas contínuas para manter as operações em funcionamento. 

CAPEX (Despesas de Capital)

Refere-se a gastos significativos em ativos físicos que proporcionarão benefícios duradouros e contribuirão para o crescimento a longo prazo da empresa, como:

  • Aquisição de equipamentos;
  • Construção de instalações;
  • Melhorias em propriedades;
  • Expansão de capacidade produtiva;
  • Computadores;
  • Veículos e caminhões.

Receba conteúdos e recomendações de investimento gratuitamente

Obrigado pelo seu cadastro!

Acompanhe nossos conteúdos por e-mail para ficar por dentro das novidades.

OPEX (Despesas Operacionais)

Envolve custos recorrentes necessários para a manutenção das operações diárias da empresa, como:

  • Despesas como salários;
  • Aluguel;
  • Custos de produção;
  • Custos dos produtos vendidos;
  • Impostos;
  • Outros gastos operacionais regulares.

Como avaliar o CAPEX na hora de investir?

Ao investir em ações, há muitos aspectos a considerar, como o ciclo de crédito, o ciclo de sentimento e o CAPEX da empresa. O indicador é fundamental para compreender como a empresa está alocando seus recursos financeiros.

Para essa avaliação, é importante analisar completamente uma empresa. As principais etapas são:

  • Analise o histórico de investimentos em ativos de longo prazo da empresa;
  • Identifique padrões e tendências nos gastos de CAPEX ao longo do tempo;
  • Considere o setor em que a empresa opera. Alguns setores exigem investimentos pesados em CAPEX, enquanto outros podem ser mais intensivos em capital;
  • Avalie o ciclo de vida dos produtos ou serviços oferecidos pela empresa, pois isso pode influenciar a necessidade de investimentos em ativos de longo prazo;
  • Verifique se há projetos de CAPEX em andamento e se estão alinhados com a estratégia de crescimento da empresa;
  • Analise a eficiência dos investimentos anteriores em CAPEX, comparando os retornos sobre o investimento (ROI) de projetos anteriores;
  • Considere a gestão de projetos e se a empresa conseguiu implementar os investimentos dentro do orçamento e do prazo;
  • Avalie a capacidade da empresa de gerar caixa suficiente para cobrir os custos associados aos investimentos em CAPEX;
  • Analise
  • Avalie as perspectivas de crescimento da empresa e como os investimentos em CAPEX contribuirão para essas perspectivas;
  • Considere mudanças no ambiente de negócios que possam impactar a necessidade de investimentos em ativos de longo prazo;
  • Identifique e avalie os riscos associados aos projetos de CAPEX, como riscos tecnológicos, regulatórios ou de mercado.

Durante essa avaliação considere não apenas os números, mas também a estratégia da empresa, o ambiente de negócios e os riscos associados. 

Ao compreender o CAPEX, os investidores podem avaliar como a empresa gastou seus recursos e se esses gastos se alinham à estratégia e ao potencial de crescimento da empresa. Essa é uma boa forma de avaliar se o investimento em uma empresa vale a pena ou não. 

Onde encontrar o CAPEX nos demonstrativos financeiros?

Para fazer essa avaliação de uma empresa, é preciso encontrar o CAPEX em seus demonstrativos financeiros. Normalmente, ele estará na seção de investimentos do fluxo de caixa, na Demonstração de Fluxo de Caixa da empresa.

É importante considerar que nem sempre você encontrará o termo “CAPEX”, algumas empresas podem usar termos diferentes, como:

  • Despesa de Capital;
  • Aquisições de Imobilizado;
  • Despesas de Aquisição.

Conclusão

Neste artigo, entendemos o que é o CAPEX, os investimentos em ativos de longo prazo essenciais para o crescimento e a sustentabilidade de uma empresa. Ao analisar o CAPEX, os investidores podem entender melhor sobre a alocação de recursos financeiros, a eficiência dos investimentos anteriores e a capacidade da empresa de gerar retornos a longo prazo.

A avaliação do CAPEX na hora de investir requer uma análise do histórico de investimentos, tendências de gastos, eficiência nos projetos anteriores e alinhamento com a estratégia global da empresa. Além disso, também é necessário considerar outros fatores como segmento, mudanças no ambiente de negócios e mercado financeiro. 

Acompanhe o blog da Nord Research para conhecer mais indicadores que você deve analisar antes de fazer um investimento e outras notícias importantes do mercado financeiro.

Compartilhar